Você sabe qual a importância da educação financeira para a sociedade? Saiba como o ensino para crianças hoje molda o futuro dos adultos de amanhã.

 

De acordo com uma pesquisa realizada pela fintech Onze, 74% dos brasileiros consideram o dinheiro como sua maior fonte de preocupação.

Apenas 17,8% dos entrevistados afirmaram conseguir cobrir os gastos e poupar algum dinheiro ao final do mês. Essa preocupação generalizada é, em grande parte, atribuída à falta de educação financeira no país.

O artigo a seguir discute como a implementação da educação financeira desde a infância pode ajudar a criar uma sociedade mais equilibrada e preparada para lidar com os desafios econômicos.

O que é educação financeira?

A educação financeira vai além da compreensão de conceitos básicos sobre o valor do dinheiro; ela também envolve a capacidade de implementar esses conceitos na vida prática. 

Segundo a Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE), a educação financeira é um processo pelo qual as pessoas aprendem sobre produtos, conceitos e riscos financeiros. Isso permite que elas façam escolhas mais conscientes e melhorem seu bem-estar.

Uma sociedade com ampla educação financeira domina conceitos como:

  • Conhecimento de instrumentos financeiros, como ações, títulos e criptomoedas.
  • Compreensão de conceitos como inflação e relação risco-retorno.
  • Familiaridade com o funcionamento dos mercados financeiros.
  • Conhecimento sobre serviços de intermediação financeira.
  • Capacidade de utilizar informações financeiras para tomar decisões mais assertivas. 

A importância da educação financeira para a sociedade

A educação financeira desempenha um papel crucial na construção de uma sociedade mais consciente e próspera. 

Gestão eficaz das contas

Primeiramente, ao proporcionar às pessoas uma sólida educação financeira, estamos moldando uma sociedade capaz de realizar uma gestão eficaz de seus patrimônios, garantindo a estabilidade tanto a curto quanto a longo prazo.

Ajuda a economia local

A educação financeira também contribui significativamente para a prosperidade da sociedade, agindo como suporte para a sustentabilidade das empresas e, por consequência, da economia como um todo. 

No Brasil, há atualmente 20,8 milhões de empresas ativas. No  entanto, dados do IBGE revelam que 48% dos novos empreendimentos encerram suas atividades nos primeiros  três anos, sendo a má gestão o segundo principal motivo, especialmente nas áreas financeiras. Uma boa educação financeira não apenas impulsiona a prosperidade das  empresas, proporcionando mais recursos, empregos e oportunidades à comunidade, mas também atua como uma salvaguarda contra os desafios que podem levar ao encerramento precoce desses negócios. 

Evita que a população caia em golpes

Além de tudo, a educação financeira ajuda na prevenção de golpes. Ao capacitarmos a população para tomar decisões financeiras mais saudáveis e conscientes, reduzimos a probabilidade de indivíduos caírem em armadilhas financeiras, contribuindo para uma sociedade não apenas mais próspera, mas também emocionalmente saudável .

União em tempos de crise

Em meio à situações adversas como a pandemia, altos índices de inflação, instabilidade geopolítica e aperto monetário, as habilidades financeiras básicas tornam-se ainda mais importantes.

Nesse cenário, a educação financeira tem um papel fundamental, especialmente durante tempos economicamente turbulentos. Isso porque, ela eleva os conhecimentos sobre a administração e o planejamento dos recursos financeiros, pessoais e familiares, assim como ajuda a compreender aspectos relacionados a seguros e segurança social. 

Ter uma população financeiramente educada é vital para enfrentar desafios, aproveitar oportunidades e construir uma sociedade mais consciente e próspera.

Consequências da má educação financeira

A má educação financeira pode afetar tanto o indivíduo quanto a sociedade em geral, manifestando-se de diversas maneiras:

  • Escolhas equivocadas de investimento e gastos excessivos por parte das pessoas.
  • Falta de preparação financeira, resultando em constante ansiedade, especialmente diante de despesas inesperadas, afetando até mesmo a saúde pública.
  • Contribuição para níveis elevados de estresse e tensão na população.
  • Durante crises sociais, como a pandemia da covid-19, aqueles com educação financeira deficiente enfrentam mais dificuldades.
  • A sociedade torna-se mais vulnerável quando uma parcela considerável da população não possui recursos suficientes para enfrentar períodos sem renda.
  • A falta de preparação econômica em larga escala impacta negativamente a estabilidade econômica de um país.
  • A sociedade pode enfrentar um crescimento econômico limitado.
  • A falta de preparação financeira torna a sociedade menos resiliente diante de crises.
  • A ausência de conhecimentos financeiros impede que as pessoas aproveitem oportunidades mais vantajosas de investimento e crescimento econômico. 

A educação financeira ainda na escola

Incluir a educação financeira no currículo escolar é essencial para preparar os alunos para a vida prática. A compreensão dos conceitos financeiros desde cedo capacita os jovens a tomar boas decisões financeiras, influenciando diretamente seu futuro e contribuindo para uma participação mais consciente na sociedade. 

Assim, o ensino de educação financeira na escola deve abranger desde conceitos básicos, como a importância de economizar, até tópicos mais avançados, como investimentos e planejamento para o futuro. Essa abordagem deve ser adaptada conforme as fases de desenvolvimento de cada aluno, proporcionando uma base sólida para a construção de hábitos financeiros saudáveis ao longo da vida. 

Além disso, o ensino de educação financeira na escola promove uma mentalidade empreendedora, incentivando os alunos a desenvolver habilidades de pensamento crítico e a explorar oportunidades econômicas. Para ajudar nessas aulas, confira 5 livros essenciais sobre educação financeira para alunos de todas as idades.

Previous article Grátis: educador, baixe agora o Planner 2024!
Next article Importância da amizade no desenvolvimento da criança e para a vida

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Close