Entenda o que são os temas transversais propostos na BNCC e como trabalhar em sala de aula

Atualmente, a Base Nacional Comum Curricular (BNCC) determina que sejam trabalhados em sala de aula os temas transversais na Educação Infantil e no Ensino Fundamental, fundamentais para a vida em sociedade, e que não são exclusivos de uma única disciplina, mas que transitam entre várias.

Acompanhe abaixo mais detalhes sobre o que são temas transversais na Educação Infantil e no Ensino Fundamental e saiba como abordá-los em sala de aula.

O que são temas transversais da BNCC?

Os temas transversais fazem parte da Base Nacional Comum Curricular (BNCC) e, portanto, são obrigatórios nas obras didáticas do PNLD 2021 como ferramentas do processo de contextualização do que é ensinado.

Eles também passaram a ser chamados de contemporâneos para complementar o transversal com o objetivo de destacar a sua importância na educação básica. Ainda, de reforçar que não são exclusivos de uma única área, mas que devem ser trabalhados de forma integrada e complementar.

Por isso, é fundamental que os professores conheçam os temas transversais na Educação Infantil e no Ensino Fundamental.

Quais são os temas transversais?

De forma simples, podemos dizer que os temas transversais são caracterizados por atividades de investigação que abrangem temas tipicamente multidisciplinares e que envolvem várias disciplinas.

Ou seja, no contexto educacional, segundo a BNCC, são assuntos que não pertencem a uma área do conhecimento em particular, mas que atravessam todas elas.

A BNCC aponta seis macro áreas temáticas dos temas transversais que, por sua vez, são divididas em 15 subtemas. São eles:

  • Ciência e Tecnologia: Ciência e Tecnologia.
  • Meio ambiente: Educação Ambiental e Educação para o Consumo.
  • Cidadania e civismo: Vida familiar e social, Educação para o Trânsito, Educação em Direitos Humanos, Direitos da Criança e do Adolescente e Processo de envelhecimento, respeito e valorização do Idoso.
  • Diversidade Cultural: Diversidade Cultural e Educação para valorização do multiculturalismo nas matrizes históricas e culturais brasileiras.
  • Economia: Trabalho, Educação Financeira e Educação Fiscal.
  • Saúde: Saúde e Educação Alimentar e Nutricional.

Como podem ser trabalhados na Educação Infantil e no Ensino Fundamental?

A escola pode fazer muito pela aprendizagem dos alunos em relação aos temas transversais. Eles não fazem parte de uma disciplina em específico, mas são integrados. Por isso, existem muitas formas de abordá-los em sala de aula.

Essas possibilidades envolvem três níveis de complexidade: intradisciplinar, interdisciplinar e transdisciplinar:

  • Intradisciplinar: a abordagem dos assuntos deve ser feita de forma integrada a outros temas no dia a dia em sala de aula. Ou seja, o professor não terá uma aula exclusiva para falar sobre diversidade cultural, por exemplo, mas irá trabalhar o assunto, enquanto fala de outros temas.
  • Interdisciplinar: os componentes dialogam entre si; por exemplo, em uma única aula pode tratar-se de saúde e respeito ao idoso. Nessa possibilidade, o professor deve fazer uma ligação entre dois ou mais temas.
  • Transdisciplinar: aqui, o professor deve ir além do conteúdo escolar. O objetivo é ajudar o aluno a se articular entre as diversas áreas do conhecimento, e a entender como os temas transversais conversam com todas as outras áreas.

Além disso, envolver as famílias dos alunos nesse processo de aprendizagem é fundamental para que eles tenham uma educação mais efetiva, principalmente considerando que diversos desses conceitos são trazidos de casa. Por isso, essa parceria deve se estender por toda a vida escolar do aluno.

Outro fator importante é que esses temas nunca devem ser trabalhados sozinhos, mas de forma integrada a outros. Assim, o aluno consegue compreender melhor e praticar os aprendizados em seu dia a dia.

Por fim, usar a tecnologia a seu favor é essencial porque essa ferramenta ajuda na integração entre alunos e professores tanto em sala de aula como fora dela.

Educação Infantil

Com os alunos da Educação Infantil, fase em que iniciam o seu aprendizado, é possível trabalhar tais temas por meio de contação de histórias e brincadeiras lúdicas.

Para trabalhar diversidade cultural e valorização do multiculturalismo, por exemplo, uma atividade interessante é pedir aos alunos que perguntem aos seus avós, tios, vizinhos mais velhos, sobre suas histórias de infância.

Ensino Fundamental

Já no Ensino Fundamental, os alunos já estão alfabetizados e têm mais consciência sobre ética e cooperativismo.

Nessa etapa, já é possível trabalhar temas como racismo, inclusão ou educação financeira. Para isso, o professor pode usar, por exemplo, literatura infanto-juvenil ou pedir aos alunos para que façam pesquisa e redação.

É sempre importante trabalhar esses temas transversais no Ensino Fundamental, na rotina da sala de aula, integrando-os com outros assuntos. As aulas de matemática, por exemplo, são perfeitas para trabalhar educação financeira.

Para ajudar, veja aqui dicas e abordagens para trabalhar ética e cidadania em sala de aula. Boa leitura!

Previous article Setembro amarelo nas escolas: como professores podem ajudar?
Next article 7 motivos para você usar metodologias ativas nas suas aulas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Close